domingo, 23 de fevereiro de 2014

COMBINANDO REGRAS COM A TURMA....

ESCOLHI ESSES COMBINADOS PARA TRABALHAR COM MINHA TURMINHA NESTA SEMANA...











PLANO DE CURSO PARA O MATERNAL 2 ---ANUAL

PLANEJAMENTO ANUAL



OBJETIVOS


• Promover o desenvolvimento físico, psíquico e social da criança respeitando sua maturidade emocional.
• Incentivar o uso do raciocínio através de atividades recreativas que valorizem a auto estima do aluno.
• Desenvolver os movimentos amplos: saltar, pular, andar...
• Desenvolver os primeiros contatos com diversos tipos de materiais, que envolvam as mãos, adquirindo controle e expressão gráfica com a progressão de exercícios que irão auxiliar no futuro aprendizado da escrita e da leitura.
• Desenvolver estímulos sonoros e auditivos através de operações concretas.
• Iniciar o vocabulário e linguagem como meio de comunicação, desenvolvendo a imaginação, criatividade, organização de idéias.
• Desenvolver estímulos sonoros e auditivos através de operações concretas.
• Ampliar vocabulário e linguagem como meio de comunicação, desenvolvendo a imaginação, criatividade, organização de idéias.
• Incentivar o uso do raciocínio através de atividades recreativas que valorizem a auto estima do aluno.
• Possibilitar que a criança construa a sua identidade e autonomia, por meio das brincadeiras, das interações socioculturais e da vivência de diferentes situações, levando-se em conta a sua capacidade de tomar decisões respeitando regras e valores pessoais e coletivos.

ESTRATÉGIA

•Através de jogos, brincadeiras e atividades lúdicas envolvendo operações concretas.
•Através de materiais pedagógicos, sucatas, brincadeiras, jogos e atividades viso manuais concretas (pinturas, desenhos, etc).
•Utilização de recursos audiovisuais como: músicas, histórias, parlendas vídeo, CD, figuras, rótulos, livros, portadores de textos, etc.
•Leituras, interpretações, cantos, conversas, brincadeiras, jogos, recursos audiovisuais, livros, materiais pedagógicos, etc.
•Apresentação de crachás, fichas, cartazes, desenhos, jogos e brincadeiras, etc.
•Fichas cartazes, desenhos, materiais pedagógicos, jogos e brincadeiras.
•Materiais pedagógicos, brincadeiras, atividades visual e manuais concretas, etc.

OBSERVAÇÕES:

•Egocentrismo.
•Descobertas: tato, movimentos, formas, pessoas, texturas, reprodução de sons, andar, comunicação, etc.
•Coordenação Motora: abrir, fechar, empilhar, encaixar, puxar, empurrar, etc.
•Fantasia, Invenção e Representação (imitação de situações conhecidas: escolinha, casinha).
•Criatividade

TIPOS DE BRINCADEIRAS:

•Brincadeiras referentes à educação sensório-motora (sentir/executar).
•Exploração, canto, perguntas e respostas, esconder.
•Brincadeiras sem regras.
•Brincadeiras com poucas regras simples.
•Utilização das formas básicas de movimentos (andar, correr, saltar, rolar, etc).
•Estimulação e motivação.
•Atividades lúdicas.
•O uso do parquinho diário, pois nessa idade a criança tem bastante energia e grande dificuldade de concentração, por isso todas as atividades devem ser curtas e com bastante estímulo/incentivo por parte do professor.
•Jogos de bola em rodas, promovendo a integração social, onde a criança deverá jogá-la para o amigo, dizendo o nome (ou dito pelo professor).
•Trabalhos manuais com massinhas e argila, deixando que estes manuseiem bastante.
•Incentivo e desenvolvimento da fala, onde o professor deverá conversar e estimular para que a criança consiga manifestar o que quer, não permitindo que ela só se manifeste por gestos.
•Ampliar seu vocabulário, conversando diariamente, com a criança sobre os aspectos do dia-a-dia.
•Incentivar e permitir a fala da criança em todas as atividades possíveis, falando corretamente com a criança. Mostrar à criança a conveniência de falar em voz baixa, trabalhando com a criança o saber escutar.
•Apresentação das cores.
•Trabalhos com músicas gestuais, cantigas de roda e dança, estimulando partes do corpo.
•Contos de histórias curtas.
•Coordenação motora livre, como rasgar papel, brincar de massinha, etc.
•Brincadeiras de imitar os adultos, como escovar os dentes de bonecas, fazer comidinha, ir as compras, banho de bonecas, etc.
•Explorar o ambiente escolar, mostrando árvores, passarinhos, parquinho, etc.

LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
OBJETIVO GERAL

•Ampliar as possibilidades da criança de inserção, participação e interação nas diversas práticas sociais.
•Desenvolver na criança o conceito de eu em relação ao seu nome, idade e em relação aos pais (família) e colegas.
•Desenvolver coordenação motora grossa (livre).
•Despertar na criança o interesse por estímulos sonoros, para que ela consiga perceber, identificar e localizar sons forte e fraco.
•Desenvolver a capacidade da criança de identificar diferentes objetos e movimentar-se no espaço com facilidade.
•Incentivar e permitir a fala da criança em toda as atividades possíveis, corrigindo e ampliando seu vocabulário, utilizando também as músicas.
•Estimular o vocabulário através de contos e histórias pequenas que despertem a fantasia da criança.
•Incentivar a memorização de pequenas músicas e gestos.
•Participar de variadas situações de comunicação oral.
•Ampliar o universo da representação por meio da linguagem falada/dramatizada.
•Interessar-se por histórias.
•Expressar-se de forma clara e relativamente organizada.
•Participar de situações nas quais se faz necessário o uso da leitura, manuseando materiais impressos.

CONTEÚDO

Uso da linguagem oral para: conversar, brincar, cantar,comunicar-se, expressar desejos e vontades, necessidades, sentimentos, opiniões, idéias, preferências,relatar suas vivências e nomear pessoas, objetos, animais, ações, construindo frases com entonação,falando de si mesma, pedindo o que deseja, descrevendo situações cotidianas.
•Familiarizar-se gradativamente com a escrita por meio da participação em situações nas quais ela se faz necessária e do contato cotidiano com livros, revistas,pasta de gravuras, histórias em quadrinho.

•Participação nas situações em que os adultos lêem textos de diferentes gêneros, como: histórias, quadrinhas e canções.
•Reconto de histórias conhecidas com ajuda do adulto e com estímulo visual.
•Participação em situações que as crianças “leiam”, ainda que não o façam de maneira convencional
•(símbolos, rótulos, marcas e figuras).
•Desenho como representação gráfica.

MATEMÁTICA
OBJETIVO

•Introduzir o raciocínio lógico, através de suas estruturas.
•Desenvolver a lateralidade através de estímulos, motivações e atividades de coordenação.
•Desenvolver a capacidade de situar cronologicamente os fatos para organizar seu tempo e suas ações, orientando-se também no espaço.
•Desenvolver coordenação motora através de atividades lúdicas, concretas, pedagógicas e visomanuais.

CONTEÚDO

•Estruturas lógicas: discriminação – comparação – identificação – cor – forma – tamanho – conjuntos – quantidade.
•Conceito de lateralidade.
•Orientação Temporal Espacial: atrás/na frente/no meio/entre, aberto/fechado, na frente/de costas, em cima/embaixo, em pé/deitado/sentado, longe/perto.
•Coordenação Motora.
•Estruturas lógicas: discriminação – comparação – identificação – cor – forma – tamanho – conjuntos – quantidade.
•Conceito de lateralidade.
•discriminação audiovisual.

ESTRATÉGIA

•Utilização de materiais pedagógicos, sucatas, figuras, livros, jogos, brincadeiras, ...
•Brincadeiras lúdicas, materiais pedagógicos, atividades audiovisuais.
•Através do uso de materiais concretos, materiais pedagógicos, jogos e brincadeiras, registro de atividades.
•Jogos, brincadeiras, músicas, atividades lúdicas, materiais pedagógicos, registro de atividades.
•Recursos Audiovisuais: rádio, CD, TV, vídeo, músicas, histórias, cartazes, fichas.
•Cartazes, fichas, jogos, brincadeiras, materiais pedagógicos, atividades lúdicas e de registro.
•Materiais pedagógicos e concretos, jogos, brincadeiras, cartazes, fichas, desenhos, etc.

OBSERVAÇÕES:

Devemos desenvolver na criança a capacidade de pensar logicamente.
Trabalhar problemas relacionados ao seu cotidiano para melhor entendimento do meio em que vive.
A Matemática pode ser considerada uma linguagem simbólica que expressa relações espaciais e de quantidade. Sua função é pois, desenvolver o “pensamento”.

A medida que brinca com formas, com quebra-cabeças e com caixas que cabem dentro de caixas, a criança adquire uma noção do conceito pré-simbólico de tamanho, número e forma. Ao enfiar contas em um barbante ou colar figuras, adquire a noção de seqüência e de ordem. E quando utiliza as palavras “não cabe” e “acabou”, vai adquirindo a noção de quantidade.
“Esse trabalho deve se muito concreto, baseado no manuseio de materiais. Isso permito que as crianças se famialiarizem mais facilmente com os conceitos matemáticos.”

NATUREZA E SOCIEDADE

OBJETIVO

•Explorar o ambiente, manifestando interesse e curiosidade pelo mundo social, natural e cultural. Desenvolver a autonomia e a interação com o meio ambiente, valorizando sua importância para a preservação das espécies e qualidade de vida.

•Experimentar situações em que possa explorar e conhecer a si mesma e o mundo, por meio de descobertas e novos desafios.
•Explorar o ambiente, para que possa relacionar-se com pessoas,estabelecer contato com animais, plantas,objetos diversos, manifestando curiosidade e interesse.
•Conhecer e vivenciar valores humanos.

CONTEÚDO

•Conhecimento e estudo do meio social, natural e cultural.
•Participação em atividades que envolvam histórias,brincadeiras, jogos e canções que digam respeito às tradições culturais de sua comunidade e de outros grupos.
•Desenvolvimento de atitudes, manutenção e preservação dos espaços coletivos.
•Exploração de diferentes objetos, de suas propriedades (som, odor, forma, tamanho, textura, peso, consistência, movimento, temperatura) e de relações simples de causa (a ação da criança) e efeito (a reação do objeto).
•Cuidados no uso dos objetos do cotidiano, relacionados à segurança e à prevenção de acidentes.
•Reconhecimento do próprio corpo por meio do uso e da exploração de suas habilidades físicas, motoras e perceptivas (auditiva, visual, tátil, gustativa e olfativa).
•Contato com animais e plantas.
•Valores humanos.

ESTRATÉGIA

• Contar histórias sobre o significado das Datas Comemorativas e a produção de lembrancinhas que traduzam a data em questão.
• Produção de Calendário e exercício do mesmo ao iniciar a aula (manhã e tarde), e aniversários das crianças.
• Nomeação, explicação e cartazes, através de estimulação de situação problema que envolva o conceito família.
• Jogos e brincadeiras que explorem o ambiente e amiguinhos. 

ARTES

OBJETIVO
• Garantir oportunidades para que as crianças desenvolvam a imaginação criadora, a expressão, a sensibilidade e a comunicação.
• Ampliar o conhecimento de mundo em relação às diversas formas de expressão artística.
• Incentivar e desenvolver o hábito de desenho, estimulando assim a fantasia da criança.
• Estimulação de confecção de brinquedos através da sucata.
• Estimular a coordenação da criança e a criatividade com o uso da argila e massinha.
• Desenvolve hábitos de asseio: pedir para ir ao banheiro, lavar as mãos, limpar o nariz, etc.
• Habituá-lo a usar os clichês sociais. Exemplo: Por favor, muito obrigado, com licença, etc.
• Permitir que a criança seja independente.
• Deixá-la explorar ao máximo os objetos e brinquedos.
• Levar a criança a brincar com os outros do grupo.
• Fazer com que a criança não fixe em um único colega.
• Mantê-la ocupada.
• Levar a criança a participar das atividades de grupo.

CONTEÚDO

• Exploração e manipulação de meios, materiais e suportes (meios: areia, terra, água, tinta e argila; materiais: gizão de cera e pincéis grossos; suportes: papel, papelão).
• Observação e identificação de imagens diversas: pessoas, animais, objetos, cenas, cores e formas.
• Cuidado com próprio corpo e o dos colegas no contato com suportes, materiais e meios.
• Respeito e cuidado com os materiais e trabalhos produzidos individualmente ou coletivamente.

ESTRATÉGIA

• Utilização de lápis, pincéis, cola com muito incentivo, estimulando a criança através de elogios.
•Material de sucata e criatividade do professor.
•Apresentação de argila e massinha.

AVALIAÇÃO

Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.


O QUE FAZER NOS PRIMEIROS DIAS????

                                                        As Dinâmicas de Integração


Excelentes para os primeiros dias de aula e têm como objetivo:

- que os participantes se apresentem;
- que memorizem os respectivos nomes;
- que iniciem um relacionamento amistoso;
- que se desfaçam as inibições;
- que falem de suas expectativas.

1) Eu sou... e você, quem é?

Formar uma roda, tomando o cuidado de verificar se todas as pessoas estão sendo vistas pelos demais colegas. Combinar com o grupo para que lado a roda irá girar. O educador inicia a atividade se apresentando e passa para outro. Por exemplo: "Eu sou João, e você, quem é?" "Eu sou Márcia, e você, quem é?" "Eu sou Lívia, e você quem é?"
A dinâmica pode ser feita com o grupo sentado sem a roda girar.

2) Apresentante:

Material Necessário: Objetos diversos (xale, óculos, chapéu, colares etc.)Propor aos participantes apresentarem-se, individualmente, de forma criativa. Deverá ser oferecido todo tipo de objetos para que eles possam criar dentro da vontade de cada um.

3) Alô, alô!

Formar uma grande roda com todos os participantes e pedir que cada um se apresente de forma cantada com a seguinte frase: "Sou eu fulano, que vim para ficar; sou eu, fulano, que vim participar." É importante que cada um fale o seu nome, pois este simples exercício trabalha a auto-estima.

4) Procurando um coração...

Material Necessário: Corações de cartolina cortados em duas partes de forma que uma delas se encaixe na outra. Cada coração só poderá encaixar em uma única metade.
Distribuir os corações já divididos de forma aleatória. Informar que ao ouvirem uma música caminharão pela sala em busca de seu par. Quando todos encontrarem seus pares, o educador irá parar a música e orientar para que os participantes conversem.

5) Abraçando amigos

Formar uma grande roda. Colocar bem baixinho uma música agradável. Informar que o grupo deverá estar atento à ordem dada para executá-la atentamente. Exemplo: "Abraço de três" e todos começam a se abraçar em grupo de três; "abraço de cinco", "abraço de um", "abraço de todo mundo." É importante que o educador esteja atento para que todos participem.

6) Quando estiver...

Com o grupo em círculo, o primeiro a participar começa com uma frase.
Exemplo: "Durante minhas férias irei para a praia..".
O segundo continua: "Quando estiver na praia farei um passeio de barco. O seguinte dirá: "Quando estiver no barco, irei..."

7) Apresentação

Propor a criação coletiva de uma história incluindo o nome de todos os participantes do grupo. Durante a narrativa, quando o nome de um participante for pronunciado, ele deve levantar-se, fazer um gesto e sentar-se de novo.

O Jogo das Saudações
Dinâmica para o Primeiro Dia de Aula

OBJETIVO GERAL: Facilitar o entrosamento, despertar a cordialidade e espontaneidade.

OBJETIVO ESPECÍFICO: Atividade inicial para promover aproximação entre os colegas, ou entre eles e crianças novas, no primeiro dia do ano em que se encontram.

COMO JOGAR:

- Peça que todos se levantem e caminhem pelo espaço. Avise que você vai dar um sinal (pode ser uma palma ou apito) e, quando o ouvir, cada um deverá parar diante de um colega, trocar um olhar e acenar com um "tchauzinho". Quem não conseguir um par para fazer isto irá sentar-se no chão.- A brincadeira recomeça. Todos voltam a caminhar pelo espaço, pois ninguém fica de fora, neste jogo. Só que agora a regra é outra: ao ouvir o sinal, todos vão parar diante de duas pessoas (nenhuma pode ser a mesma de antes), trocar um olhar e perguntar os seus nomes. Quem não conseguir, vai sentar-se no chão.

- Agora, vamos parar e segurar a mão de três pessoas, que não sejam as mesmas das etapas anteriores.

- Em seguida, vamos dar um forte abraço em quatro pessoas...- Para terminar, todos vão cumprimentar quem ainda não cumprimentaram e voltar aos seus lugares.

domingo, 27 de maio de 2012

Os vídeos mais tops que assisti nesse final de semana.Espero que vocês gostem e curtam!

Os 4 pilares da educação


Ser Professor


Relação Professor Aluno ( Paulo Freire).



Educação Infantil: Cuidar, Educar e Brincar



Organização do Espaço e do Tempo


Identidade e autonomia



Concepções de Criança e Creche



Música na educação infantil - a expressão musical e a criança de 0 a 5 anos



A matemática na educação infantil - A matemática na educação infantil 



Linguagem e Mundo: Atividades Lingüísticas 

Como Construção de Sentidos



A Importância do Brincar



Este foi eu que criei,que fala sobre a importância do Lúdico na Educação infantil







O valor de ser educador. Lindoo video